Monthly Archives: agosto 2016

Pai

PAI Chora escondido, sofre calado as dores que lhe assolam o coração. Um ventre se avoluma. Dia a dia, ele mais se avoluma. Pai… Um pedacinho de mim está ali dentro… Está escuro lá fora… Pai… Anda de um lado para o outro… Olha infinitas vezes para o relógio… Deus acho que o tempo parou… Desce as escadas para fumar…… (more…)