Monthly Archives: dezembro 2012

O AMANHÃ

O AMANHÃ Já estou indo Até algum dia Não estou triste Porque sigo em paz Não me preocupo Estou muito bem Nesse barco que vai… Deixe que o tempo trace O amanhã Não pode ser uma imposição o amor Não levo magoas no meu coração Acredito no céu O mundo ensina… O que é o ódio E o que é… (more…)

O TREM AZUL

TREM AZUL De um lado da estação Espera para seguir. Faz as viagens, é o trem azul. Tudo clareia em luz E uma cor reluz No fim do túnel, indo mais além. Que pena o trem partir E a escuridão cobrir Os olhos de quem, só pagou para ver. E vão em outro trem Inverso ao trem azul Na direção… (more…)

SEI LÁ VS 2

SEI LÁ Amor á vida tem razão Não conteste o poeta Pois tem dias que a gente É um nada no espelho Buscando luz na escuridão Não sentindo a alegria Do sorriso do sol Com o balanço do mar Não se pode afirmar Quando o céu contestar Se o amanhã vai surgir E a razão vai voltar Sei lá Se… (more…)

SAMBA E CHAMEGO

CHAMÊGO DO SAMBA O samba anda De chamêgo Com a erva meu amor. A envenenada está no morro E com ela o terror. Desencantado… O tamborim e a cuíca Emudeceram O cavaquinho foi embora E deu no pé com o violão. E os poetas lá no céu Choram ao lado de Noel Choram com o morro… Que está tão triste.… (more…)

VOU TE CONTAR

VOU TE CONTAR Vou te contar Com uma canção Onde é que fica o lugar mais lindo! Dá para sentir A forte proteção da mão de Deus Sob o seu olhar. De um céu de anil Um rio calmo Seguindo manso com o luar Só indo… Até parece, Esperar a chuva E ver molhar o chão Sem argumentar. E o… (more…)