CHAMEGO DO SAMBA

CHAMEGO DO SAMBA

O samba anda
De chamego
Com a erva meu amor.

A envenenada está no morro
E com ela
O terror.

Desencantado o tamborim
E a cuíca emudeceram
O cavaquinho foi embora
E deu no pé com o violão.

E os poetas lá no céu
Entristecidos disseram à Deus
Que a alegria lá no morro
Ficou triste.

E juntos rezam com Noel
Imploram a Nosso Senhor
Que leve a erva e deixe a flor

E que o samba viva
Com a beleza de ser triste
Mas com a Rosa
Que é o seu grande amor.

Snitram
Editora de texto
Rosali Gazolla

Escrita em 26/06/2011
2:20 Horas

Related Posts:

    Both comments and pings are currently closed.

    Comments are closed.

    • Facebook
    Pular para a barra de ferramentas