ATÉ UM DIA

Criada em maio de 2012
Até um dia

Já estou indo
Até algum dia
Não estou triste
Porque sigo em paz

Não me preocupo
Estou muito bem
Nesse barco que vai…

Deixe que o tempo trace
O amanhã
Não pode ser uma imposição o amor
Não levo magoas no meu coração
Acredito no céu
O mundo ensina…
O que é o ódio
E o que é o amor.

È só seguir:- sem desprezar
A luz que dita
Em minha mente
E no meu coração

Não foi plantada
Em todos os seres em vão.
Iluminando nossa escuridão
Aplacando a nossa dor

Quando caímos de cara no chão…
Obcecado pela ilusão
Nas artimanhas da incompreensão

Que rege o desamor.
Sempre machuca nos fazendo chorar.
Desencontrando nosso caminhar
Ou um sorriso, um meigo olhar.
Opondo-se ao nascer do sol

O mundo ensina
O que é o ódio
E o que é o amor.

È só seguir:- sem desprezar
A luz que dita
Em nossa mente
Em nosso coração

Não foi plantada
Em todos os seres em vão.
Iluminando nossa escuridão
Dispersando nossa dor
Snitramus
Editora de texto
Rosali Gazolla

Related Posts:

    Both comments and pings are currently closed.

    Comments are closed.

    • Facebook
    Pular para a barra de ferramentas