ONDAS DO MAR

ONDAS DO MAR

Com as ondas calmas do mar
Olho no céu e vejo as estrelas
Que ja vêm surgindo
E sigo a navegar

Senti uma brisa tão fresca no ar
Que até o meu violão inquieto
Sem ao menos argumentar
Soou

Como se fosse regido
Pelo próprio mar
E tirar-me da minha triste solidão
Para viver

Com as ondas calmas do mar
Olho no céu e já sinto o sol
Que ja vem surgindo
É um novo amanhã

Já vejo o horizonte a praia
Onde eu vou morar para te esquecer
Para nunca mais sofrer
De amor

Snitramus
Editora de texto
Rosali Gazolla

Related Posts:

Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.

  • Facebook
Pular para a barra de ferramentas